VIDEO DA SEMANA :

O PROJETO DO GRANDE ISRAEL : INTERSECÇÃO DO SIONISMO COM O EURASIANISMO

Qualquer semelhança com o Lebensram não é mera coincidência

Já faz algum tempo que os charlatães do subjornalismo amestrado da direita anglóide -- do qual Olavo de Carvalho é o mais notório expoente -- tentam vender a idéia de que o tradicionalismo político da vertente católica é um cavalo de Tróia do eurasianismo para subverter a campanha anti-modernidade dos filhos da Igreja e colocá-la a serviço das pretensões expansionistas da Rússia, alegadamente sustentadas nas concepções geopolíticas de Aleksandr Dugin naquilo que é chamado de eurasianismo.

Nossa oposição ao sionismo, aparentemente convergente com a oposição (putativa) dos eurasianos à causa de Tel Aviv, acaba por facilitar a vida dos mercadores de engodos. Entretanto, uma observação menos desatenta dos fatos mostra que há uma generosa intersecção entre sionismo e eurasianismo, dada a partir do movimento Be’ad Artzeinu, cujo nome quer dizer algo aproximado a "Pela Pátria". 


Bandeira dupla face do Be'ad Artzeinu

O movimento é liderado pelo rabino Avrom Shmuleivich e tem a simpatia de pessoas influentes como o ativista e lobista Avigdor Eskin, ambos israelenses de origem russa. A razão de ser do Be'ad Artzeinu passa pela superação do sionismo: já tendo sido concretizada a fabricação do lar nacional hebreu na Terra Santa, seria preciso agora alcançar a meta de trazer a "Terra Prometida" às dimensões estipuladas pelo Criador quando da outorga dela a Adão, o suposto pioneiro do assim chamado hipersionismo. Para alcançar o ousado objetivo de transformar Israel numa mesopotâmia cujas fronteiras sejam dadas pelos rios Nilo e Eufrates, o rabino Shmuleivich propõe que as táticas expostas nos Protocolos dos Sábios de Sião sejam seguidas, conforme informa o respeitado estudioso Mark Sedgwick. A quem se assusta com as indumentárias e maneirismos marciais do seu movimento, tomando-os por recapitulativos das organizações nazistas e fascistas, o rabino Avraham Shmuleivich faz lembrar que o embrião do Likud* (um dos mais importantes partidos de Israel) foi uma entidade de fascistas judaicos italianos. O Be'ad Artzeinu também participa do Movimento Eurasiano Internacional, co-fundado por Shmuleivich ao lado de Dugin, Talgat Tadzhuddin e Farid Hazrat Salman, estes últimos respectivamente o Grão-Mufti da Rússia e o Presidente da Câmara dos Ulemás do Conselho dos Muftis.

* * *

Bem, e quanto às organizações de católicos tradicionais com envolvimento político? Há alguma que esteja atrelada ao Movimento Eurasiano Internacional? Se há, este que vos escreve desconhece. Antes pelo contrário, noto uma posição que vai da indiferença, passa pela cautela e vai até à hostilidade para com o eurasianismo. Tefepistas, carlistas, neoborbônicos, jacobitistas e outros históricos grupos contra-revolucionários do catolicismo tradicional estão desvinculados do eurasianismo.

Ora, se é assim, por que os criptoliberais anglóides pro-sionistas insistem em dizer que os católicos tradicionalistas estão executando a geoestratégia supostamente traçada por Dugin para o Kremlin, enquanto são os da grei deles é que estão em entendimentos cordiais com o eurasianismo? É simples: os porcos, não podendo atingir o patamar dos homens, tentam fazê-los parecidos consigo atirando-lhes a lama e os excrementos nos quais chafurdam.

POSTAGENS MAIS VISITADAS :

"RISCO DE CEU NEGRO" : FEDERAIS FAZEM TREINAMENTOS MILITARES PARA "QUEDAS DE ENERGIA GENERALIZADA" E "FALHAS DA INFRAESTRUTURA EM CASCATA"

ACCESS CONSCIOUSNESS - GARY DOUGLAS

VOTAÇÃO : VOCÊ ACHA QUE ACONTECERÁ UMA GRANDE CATASTROFE EM BREVE ???